2w2xp9zzyrjkaqb8uv1om4jno

Graça irresistível – 5 pontos descomplicados do Calvinismo.

A “Irresisteble Grace” ou Graça Irresistível é o ponto do calvinismo onde aprendemos que o homem, quando eleito, responderá a graça de Deus sem que haja qualquer tipo de resistência, já que, o homem não tem livre-arbítrio. Ele é chamado por Deus de modo efetivo e convicto, sem que haja remediações, ou uma espera e nem tomada de decisão por parte do homem de aceitar ou não esse chamado.

Basicamente a graça universal é a maneira que Deus salva o homem de si mesmo, o homem totalmente depravado não tem ciência de arbítrio, ele simplesmente segue o que a sua natureza pecaminosa o deixa fazer substantivado apenas pela graça universal que é o que leva ele a fazer coisas boas, mas nunca conseguirá se salvar por si mesmo ou por suas próprias obras, justamente por esse fato do homem não conseguir se salvar sozinho é que Deus o chama para a salvação e ele obedece sem direito de escolha.

Um resumo da graça irresistível é possível no seguinte parâmetro: imagine um abismo onde toda a humanidade caminha para ele e nada que você ofereça fará com que essas pessoas deixem de cair nesse abismo. Deus com sua misericórdia e graça pega alguns desses homens condenados à morte e os salva do abismo. Isso é graça irresistível.

É a maneira de Deus de salvar o homem da sua própria natureza, entenda que o homem está condenado a morte e nada que ele faça de bom o salvará, então ele precisa da intervenção divina e da misericórdia para tal feito.

Jr 24:7 / Ez 11:19-20; Ez 36:26-27 / Mt 16:17 / Jo 1:12-13; Jo 5:21; Jo 6:37; Jo 6:44-45 / At 16:14; At 18:27 / 1Co 4:7 / 2Co 5:17 / Gl 1:15 / Rm 8:30 / Ef 1:19-20 / Cl 2:13 / 2Tm 1:9 / 1Pe 2:9; 1Pe 5:10 / Hb 9:15

O que é graça e porque ela é irresistível:

Graça é favor imerecido de Deus, aquilo que Deus te dá sem que você tenha feito nada para tê-la simplesmente porque você não é merecedor de tal graça.

E ela é irresistível devido ao fato de que o chamado de Deus é eficaz.

Mas como explicar os versículos onde mostra Cristo fazendo um chamado de “aceitação” por parte do homem? Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Mateus 11:28-29

Só que as pessoas esquecem-se de ler o que vem antes disso:

Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim te aprouve. Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Mateus 11:25-27

Perceba a graça, o convite eficaz. A graça irresistível é como uma porta onde na frente  está escrito “vinde a mim os fracos e oprimidos, os pequeninos, os pobres, as crianças, os pacificadores”  a graça é também aquele convite do “Eis que estou a porta e bato se ouvir a minha voz, eu entrarei e cearei contigo e com a tua família”  daí a pessoa passa pela porta e quando entra e vê o verso da porta está escrito: “Só vem a mim quem o pai que me enviou o trouxer e eu o ressuscitarei” João 6:44 – Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. Lucas 15:24 – Ou seja, a porta só será aberta por aquele que Deus quiser que  abra, mas não imagine esse “estou a porta e bato” como um convite universal, como um convite a “todas as pessoas”, porque não é isso que ele é. Temos que lembrar que a graça é efetiva somente nos eleitos.

Posso evangelizar pessoas com isso? Devemos. O convite quem faz somos nós, mas ele só é efetivo no eleito, nós evangelizamos todas as pessoas, pois não sabemos quem é eleito e quem não é , entretanto, quem for eleito vai efetivamente ouvir o chamado e efetivamente responder a esse chamado, o convite é universal por nossa conta, mas para Deus o convite só é efetivo aos eleitos.

E como a Bíblia demonstra que essa graça é eficaz? Simples.

E certa mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia. Atos 16:14 e faça a conexão com : “Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia e terei compaixão de quem eu quiser ter compaixão”. Romanos 9:15.

Autor: Paulo Ricardo Lima – Palestrante DESMOTIVACIONAL.

  • João Farias

    O próprio Paulo é um exemplo disso, pq em momento algum Deus pergunta se ele o quer aceitar, Deus simplesmente o chama e pronto!