A democracia do Brasil volta a respirar, mesmo que por aparelhos.

E o Brasil volta a respirar democracia.

O Brasil, pós regime militar, passou por diversas transições que moldaram o país que temos hoje, um país onde a corrupção reina, as doutrinas comunistas imperam e o povo fica à mercê de toda barbárie de uma nação sem leis. A constituição de 1988, que deveria garantir o bem-estar da nação, virou objeto de chacota, onde os 3 poderes cospem em cima e ainda sambam na cara do povo.

As forças policiais, que deveria garantir a segurança da sociedade, estão a cada dia mais desvalorizadas, fazendo com que o caos tome conta das ruas e as classes mais baixas paguem o preço. O deputado X anda de carro blindado e cheio de seguranças, enquanto seu Raimundo acorda todo dia 4 da madrugada para garantir o sustento da família e ainda é assaltado no caminho de volta do trabalho. Os direitos humanos se tornaram “direitos dos manos”, que protegem apenas os bandidos, traficantes, assaltantes, estupradores e condena quem ousa agir contra eles.

Os 3 poderes, legislativo, executivo e judiciário, de tanto não fazer nada acabaram parando, fazendo com que a nação se tornasse um trem desgovernado, em um completo descontrole, à ponto de descarrilhar e ceifar a vida de seus passageiros. As forças armadas, comandadas por generais marionetes, mais parecem forças de defesa executiva, que só protegem os homens de paletó e gravata, esquecendo qual é a real função de seus soldados.

Resultado de imagem para STF

A esperança do povo, vai se tornando cada dia menor, enfraquecendo assim, o espírito patriota que deveria reinar dentro de cada um de nós. Sem fé na política, cada um tenta se salvar à sua maneira, assim como fizeram os tripulantes do Titanic, ou os milhares de funcionários que estavam dentro das torres gêmeas, na manhã de 11 de setembro de 2001. Enfim, o que nos resta é aguardar, esperar a decisão de uma justiça previsível, corrupta, fraca e omissa, que se submete aos caprichos de um dos maiores chefes de quadrilha do mundo. Ah, lembrei, eles devem favores a este senhor. Que pena.

A solução é todos nós nos unirmos e irmos para as ruas, pressionar, protestar, expor nossa revolta, nossas mágoas. Apesar de tudo, esse país é a nossa casa, os intrusos são eles. Foram expulsos em 31 de Março de 64, sofrerão a tacada final em 4 de Abril de 2018. Tenhamos fé, nobres irmãos, muita luta ainda virá pela frente. Se queremos um país melhor para o futuro, a solução é lutarmos no presente!

 

Paulo Pereira – Blogueiro.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To use BrandCaptcha you must get an API Key